Tirei notas Baixas na Escola

Acabei de receber a notícia que minhas notas não fora tão boas quanto deveriam, falaram também que precisarei me esforçar muito mais se eu quiser continuar estudando naquela escola, ah e  também ameaçaram tirar meus bens (que no caso o meu celular, minha internet, e minha vida).

Meu coração gelou na hora, ao pensar no que dizer ou falar, qualquer palavra poderia se voltar contra mim algum dia, mas eu tinha que me expressar porque eu estaria lutando pelo pouco que eu ainda tinha depois de tanta reclamação, porque eu sou só um garoto "bagunceiro que não para de falar um minuto", todos os deveres, todos os trabalhos e noites perdidas para ganhar um décimo a mais na prova de matemática já não valiam mais depois de terem ouvido todos aqueles professores falando o que bem entediam sobre a minha vida, depois que todo o meu mundo caiu no chão, depois do fim, depois que todos já desistiram e esqueceram.

Eu ainda quis lutar por mim mesmo, dar minha cara a tapa. Ouvir e falar nunca foi tão difícil e tão definitivo, falar já não era abrir a boca e deixar acontecer, falar era pensar tudo em poucos segundos sabendo que tudo aquilo teria um peso depois, sabendo que depois de tudo ser dito ainda tinha muita coisa a se fazer, muita coisa a se "pensar", muita coisa a se enfrentar, porque a vida é assim, as vezes você está no topo, mas as vezes você cai de cara no chão, mas também não posso esquecer que tudo isso vai passar, assim como passou a última lágrima, assim como passou o último sorriso, assim como passou meu último dia de sol, porque assim como uma montanha russa, nossa vida tem altos e baixos, reviravoltas, e as vezes quebra, mas ainda sim vai ter alguma pessoa ao nosso lado para nos ajudar a recuperar cada sorriso, cada vitória, e como eu disse, dar uma reviravolta.

Comentários